Acompanhe via: Email Arvoredo via RSS Arvoredo no Youtube Arvoredo no Twitter Arvoredo no Facebook Loja Arvoredo no Facebook

Arvoredo Brasil - Instituto Agroflorestal

21/10/2009

Sistema Faxinal – Um Estilo de Vida

por

Há mais de 100 anos, na Região Centro-Sul do Paraná, iniciava um modelo de produção agrícola totalmente diferente, era o Sistema Faxinal. Esta forma de produção é considerada uma importante experiência sócio-cultural e histórica da região, a qual contribui expressivamente para a manutenção da cobertura florestal remanescente de Floresta com Araucária, Ecossistema único e ameaçado de extinção da Região Sul do Brasil.

Este sistema se caracteriza principalmente pela produção unificada de camponeses, os quais desenvolvem atividades agropecuárias voltadas para a subsistência, onde é utilizada a mão-de-obra familiar. Estas atividades incluem a produção de alimentos básicos, como por exemplo, o feijão, mandioca, batata-doce, amendoim, milho, centeio entre outras, além da criação extensiva de animais, sejam eles para trabalho, carne ou derivados, como lã, leite e ovos.

No Sistema Faxinal as terras são divididas em dois grandes e diferentes grupos. Existem áreas destinadas às plantações de produtos agrícolas tanto para consumo próprio, como para a venda dos excedentes, as quais são de uso privado, ou seja, delimitadas apenas para o uso familiar. Já as áreas do criadouro, utilizadas para a criação de animais e extração de erva-mate, as quais são cercadas ao longo de seu perímetro, estas são áreas privadas, mais tem um diferencial o uso das mesmas é comunal, ou seja, é de interesse da comunidade, não existem divisões, é aberta para a circulação animal de todas as famílias que residem na comunidade, formando um espaço contínuo.

Neste contexto, salientamos que as terras utilizadas para a agricultura, normalmente ficam em porções mais planas do terreno, contribuindo assim para o desenvolvimento da agricultura familiar, enquanto que as áreas de criação se localizam em áreas com relevo mais acidentado, e que principalmente contenham água em abundância, visto que o fator principal destes terrenos é a criação extensiva de animais, principalmente o gado suíno, eqüino e bovino.

Nas Florestas com Araucárias do Estado do Paraná, este sistema agrosilvipastoril chamado de Faxinal, além de proporcionar um estilo de vida singular, onde é possível se encontrar uma agricultura de subsistência forte, um modo de criação comunitária, uma possibilidade de preservação florestal, além de diversas expressões culturais e religiosas únicas, notou que este modo tradicional de vida se encontra cada vez mais ameaçada, isso porque frente às tecnologias de uma agricultura moderna fazem destes locais, algo não interessante para um padrão atual de produção, de maneira que os Faxinais na maioria das vezes sofrem uma pressão externa, principalmente dos grandes latifundiários, os quais com seus poderios econômicos buscam o aumento de suas áreas, visando apenas uma lucratividade do uso da terra.

Na busca da sustentabilidade, é importante salientar que os Faxinais proporcionam uma fusão de biodiversidade, preservação dos recursos naturais, retenção das famílias rurais em seus ambientes apropriados, além de realizar a manutenção dos valores regionais, culturais e sociais, diferente de outras localidades, as quais extinguem estes valores.

» Veja um Sistema Faxinal em vídeo

————————————————————————
texto de Douglas Dias de Almeida, Engenheiro Agrônomo
do IAF – Instituto Agroflorestal Bernardo Hakvoort

Funchos e joaninhas
Você sabe Qual a diferença dos nossos chás?
DoDesign-s Design & Marketing