Acompanhe via: Email Arvoredo via RSS Arvoredo no Youtube Arvoredo no Twitter Arvoredo no Facebook Loja Arvoredo no Facebook

Arvoredo Brasil - Instituto Agroflorestal

Alfazema

Alfazema

Nome popular: Alfazema
Nome científico: Lavandula officinalis Chaix & Kitt.
Família: Labiatae
Sinonímia popular: Lavanda
Origem: Mediterrâneo
Parte usada: Folhas
Forma de Utilização: chás, tintura mãe, em saches aromáticos e banhos

É uma planta de porte arbustivo, ciclo perene e que atinge até 1 metro de altura. As folhas são pequenas e lineares. Suas flores normalmente são de coloração rosa ou azul. Nas partes aéreas, possui glândulas aromáticas, concentradas principalmente nas flores

Propriedades terapêuticas: Anti-séptico, tônico, antiespasmódico, calmante, digestivo, antibacteriana, carminativa, revulsiva. Cicatrizante, sedativa.

Princípios ativos: Óleos essenciais (acetato de linalilo e linalol), taninos 12%, cumarinas, princípio amargo, saponina ácida, resina

Indicações terapêuticas: Reumatismo, nevralgias, hemicrania, excitação nervosa, insônia, vertigens, contusões, feridas, inapetência, má digestão, asma, coqueluche, faringite, laringite, depressão, cistites, enxaquecas, bronquite, corrimento vaginal, prurido vaginal, sarna e pediculose. Evita o surgimento de quelóide no pós-cirúrgico. Antídoto contra picadas de insetos. Eficaz no tratamento de queimaduras por sol ou combustão. No escalda-pés, relaxa e revigora pés, calcanhares e tornozelos. Com apenas duas gotas do óleo no banho do bebê pode ser suficiente para o tratamento de pequenas irritações da pele. Problemas de pele em geral.

Época de Colheita: maio a junho


Veja páginas relacionadas:

Funchos e joaninhas
Você sabe Qual a diferença dos nossos chás?
DoDesign-s Design & Marketing